O homem que sabia demais

22 01 2010

Um belo dia eu estava aguardando meu horário na manicure e resolvi ler a revista I, que é a revista do Shopping Iguatemi, e dou de cara com uma nota um tanto interessante.

Diz que Pedro Lourenço, que está (ou estava, sei lá) passando uma temporada na Europa foi rejeitado nas escolas de moda Berçot e Saint Martins, tudo por que, ham-ham (coçadinha na garganta,) ele já sabia tudo que eles iriam ensinar!!! Seus pais (mesmo) devem ter ficado morrendo de orgulho!





Mini-aula de tecnologia textil

5 10 2009

trico

Oi Gilbeto,

Tudo bem?

Como sou gente boa vou te ensinar 2 coisas que todo mundo que escreve num site de moda super importante deveria saber.

1.A composição de tecidos se refere ao tipo de fibras que compõe o fio que formam a sua trama.

2.Tricô é um tipo de construção de malharia e não uma fibra.

Think about it.





blogs for dummies

21 09 2009

curso

Entendi bem e agora tem curso pra fazer blog ou tô bem loca?

Acho que o problema não é o curso, porque se alguém me pagasse pra ensinar a matar trabalho via wordpress eu ia amarradona. A parte triste são os empolgados que realmente pagam pra isso.

Na verdade não tão pagando pra ensinar a bolar pauta, dar upload nas fotos, escolher se o blogger é melhor que o wordpress, se fotolog ainda vinga e tal… tão pagando pra ser amigos da Jana Rosa! ÒOOOunh…deve ser flattering. Vamos dar um passeio pelos comentários:

coments copy

Nada contra Jana Rosa, acho ela fofa, engraçadinha e com bons looks, apesar de ter ” sua inveja aumenta meu ibope” syndrome, super vou com a cara dela!





Personalidade pra quê?

10 11 2008

Sei que este post vai provocar muita indignação, mas sinto muito. Faz tanto tempo que quero escrever sobre isso que nem me importo.

Estava eu lendo a Revista da Folha neste último domingo quando me deparo com a seguinte matéria: “Assessoras Fashion“. Lendo a matéria vi que se tratava das personal shoppers recém-contratadas pela shopping chato e esnobe Cidade Jardim. Antes de começar a gongar o meu alvo, devo dizer que detestei esse shopping, pretensioso e chato… Não tem onde comer, não tem nada muito interessante, lojas caras e montes de wannabes e peruas desocupadas. Detalhe: Baked Potato com algo que parecia caviar em cima e serviço de informações chamado de “Concierge” só enfatizam a minha opinião.

Bom, duas das personal shoppers mencionadas na matéria são figurinhas batidas da Internet, do blog mais boring ever, o Oficina de Estilo. Gente, o blog é um fenômeno de acessos, comentários babacas e quantidade de posts com conteúdo pouco inovador. Sinceramente, para ouvir que listas horizontais engordam, que calça curta achata a silhueta e coisas óbvias do tipo, eu poderia ter guardado as revistas Claudia antigas. Conselhos do tipo: use tecidos planos na faculdade, já se preparando para sua vida profissional, afinal você não tá na faculdade para “paquerar” just make me wanna puke, além de me deprimir. He-llo-ow nem minha mãe dizia isso. Faculdade é época de festas, bofes e matar aula para ir pro bar. Ou sei lá, de qualquer outra coisa ligada a diversão. Na minha opinião é melhor inclusive ir pra a faculdade de cara com olheira de rímel da e roupa da balada do dia anterior. Afinal, quando mais você poderá fazer isso?

Mais patético que o blog e suas criadoras (inclusive uma delas está sempre de saia até o joelho, blusa, cardigan e sapatilha, tipo a Mônica do gibi, que tinha 50 vestidos vermelhos iguais no armário, mais boring que isso acho que não fica) são os comentários empolgados. Um bando de seguidoras, em sua maioria sem opinião própria que idolatram qualquer baboseira medíocre publicada. Deve ter um efeito de lavagem cerebral, meio cientologia, que por sorte em mim não fez efeito. Se você acha que não está ruim o suficiente, pega essa: elas ainda realizam um bazar, que elas de forma super modesta chamam de Sacolão de Estilo, onde garimpam peças “suuuper descoladas” do guarda-roupa de suas clientes (que realmente deviam ser roupas super estilosas, afinal é por isso que elas estão se desfazendo delas após uma consultoria de estilo) que é a maior farsa que já vi! Tive o desprazer de ir a um desses sacolões uó e só tinham coisas cafonas, velhas, datadas com etiquetas de marcas boas. Até desconfiei se elas não bordaram as etiquetas em umas peças da Marisa! Pior, fazem fila antes de abrir a loja para essa palhaçada e ainda compram qualquer coisa e saem achando que arrasaram. Fala sério, né? As devotas além de não terem muito bom gosto, parecem não ter muitos amigos nem o que fazer.  Boring, boring, boring.

Fico pensando quem paga pra isso e o quanto paga. Sério. Estilo cada um tem o seu. Por que eu pagaria duas pessoas sem estilo nenhum para me ensinar a ter estilo? Não seria mais fácil decretar o uso de uniformes? Prefiro. Melhor do que gastar mais de 1000 reais em 6 peças para usar para brincar com o filho, com certeza é. Pelo menos elas afirmam que a cliente delas tá com cara de rica, não? Claro, porque isso é o que todo mundo quer parecer quando se veste. Será? Se for, sugiro pegar os 1000 reais gastos e ficar andando com eles em maços, usando para se abanar. Aí fica bem rica, não?

Me fala, em qual faculdade as pessoas vão vestidas assim???

Me fala, em qual faculdade as pessoas vão vestidas assim???

PS: Aproveita e contrata um personal ipoder.